Cultura Organizacional: um reflexo do clima dentro das empresas

Sabemos que passamos a maior parte do nosso dia dentro de empresas trabalhando, segundo o livro Felicidade no Trabalho, são cerca de 90.000 horas durante toda a vida. É bastante tempo, né? O que também não é uma novidade é que a busca por uma “qualidade de vida-profissional” está entre as prioridades dos profissionais do século.

Mas como as pessoas buscam isso? Como elas sabem que estão no lugar certo?

Uma das respostas é: Identificação! Empresas e profissionais, buscam por identificação de valores, filosofias, posturas e costumes. Estes e outros aspectos formam a cultura organizacional de uma empresa.

A cultura organizacional é essencial para as empresas, é com ela que a empresa consegue transmitir seus valores e outros aspectos que fazem com que não seja apenas mais uma. Porém, além de ter isso muito definido, ela deve estar enraizada e viva no cotidiano dos que pertencem e acreditam.  Pois de nada adianta ter um belo quadro na parede com a missão, visão e valores da empresa, se no dia a dia nunca se é notada.

O termo foi usado pela primeira vez em 1982 pelo professor Edgard Schein, que ressalta que a Cultura Organizacional é “um padrão de premissas básicas compartilhadas que foram aprendidas por um grupo, na medida em que resolveram seus problemas de adaptação externa e integração interna…um produto de aprendizado compartilhado”.

Aqui na WeAudit, nosso quadro com a missão, visão e valores foi criado com todas a equipe, pois acreditamos que todos fazem parte dessa história e conseguem transmitir sobre nossos diferenciais.

Nossa cultura é moldada por nossos valores: Ética e Excelência. Além de valores como justiça e meritocracia. Desde o primeiro dia dos nossos colaboradores passam por uma imersão na cultura e ela é vivida diariamente. E como ganhamos com isso? Com um clima agradável, equipe alinhada e engajada, que nos traz bons resultados e alta performance.

O percursor do termo ainda traz a cultura organizacional dividida em três níveis:
  1. Artefatos: São aspectos tangíveis dentro da empresa, como por exemplo, aqui na WeAudit, nós temos uma sala de jogos, cafés da manhã com diretores, Happy Hours e até fomos ao Karaokê soltar a voz e dar algumas risadas. Mas isto não é tudo dentro de uma cultura organizacional, são apenas artefatos.
  2. Crenças e valores: Este nível pode ser identificado ouvindo o que seus colaboradores tem a dizer. Se eles têm na ponta da língua os valores definidos pela empresa, mostra que estão alinhados. Assim como, comportamentos e atitudes identificam a identidade alinhada entre empresa e time.
  3. Suposições básicas: Este nível pode passar despercebido, pois ele não pode ser observado, mas sim, sentido pelos integrantes da equipe.

Recentemente, aqui na WeAudit, gravamos um vídeo com depoimento de alguns integrantes do time, veja aqui.

Dá para notar que nossos valores Ética e Excelência são citados por quase todos? Nossa Diretora Executiva, Juliana, transmite seu sentimento de orgulho e pertencimento, como vimos no último nível de cultura organizacional.  

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This