O que um sistema operacional terceirizado deve ter?

No cenário econômico atual, um dos maiores desafios de todo gestor de TI é fazer com que a empresa prospere reduzindo os custos das operações. Uma ótima alternativa para conseguir esse resultado é adotar um sistema operacional terceirizado.

No post de hoje, confira as características de um sistema operacional e quais as vantagens de terceirizar o serviço:

Classificação do sistema operacional

Um sistema operacional é dividido em várias categorias:

Batch

É o mais antigo e roda com um programa de cada vez. Em caso de erro, é preciso recomeçar. Outro detalhe é que os dados não podem ser alterados enquanto o sistema está funcionando.

Interativo

Permite alterações e entrada de dados desde o início da execução do programa. Muito utilizado em reserva de voo aéreo e linguagens BASIC.

Time sharing ou multiusuário

Sistema que compartilha o computador para diversos usuários e adota escalonamento preemptivo de processos (scheduler da CPU).

Multitarefa

Possui processador escalonado e cada usuário pode ter mais de uma atividade sendo executada.

Tempo real

É muito utilizado em telecomunicações e faz o monitoramento de diversas entradas que afetam a execução de processos.

Multiprocessamento

Sistema que tem mais de um processador central vinculado ao andamento das tarefas.

Características de um bom sistema operacional terceirizado

A terceirização do sistema operacional se enquadra na modalidade OPEX. Ou seja, no montante de recursos financeiros indispensáveis para a empresa manter os bens de capital em perfeito funcionamento.

Esse recurso é responsável pelos custos com software, hardware e todo tipo de equipamento necessário para o desenvolvimento de tecnologias. Ele possibilita ainda a redução de despesas com CAPEX (despesas de capital). Isso permite agilizar a tomada de decisão e destinar recursos para outros departamentos, como vendas, marketing etc.

4 vantagens de terceirizar

1. Redução de custos

A terceirização reduz os custos com:

  • contratação;
  • encargos trabalhistas;
  • benefícios;
  • aquisição de equipamentos.

Os resultados são positivos e afetam outros setores da empresa. Por exemplo, os recursos humanos podem enxugar gastos com pessoal.

2. Manutenção do sistema

A manutenção regular é fundamental para o bom funcionamento das máquinas. Terceirizar significa ter especialistas que monitoram a rede e reparam erros de forma rápida e eficiente. Isso causa uma maior tranquilidade para o gestor.

3. Atualização da rede

Um bom sistema operacional precisa manter a rede sempre atualizada. A cada dia, novas ferramentas são desenvolvidas para atender à demanda dos processos. A equipe terceirizada faz essa triagem muito bem, pois é formada por profissionais preparados.

4. Garantia de qualidade

Com uma equipe profissional de TI, o gestor tem a garantia de contar com serviços de qualidade. Assim, o sistema de gerenciamento dos sistemas operacionais é feito com excelência. Esse benefício se reflete na empresa, nos colaboradores e nos clientes.

Percebeu como um sistema operacional terceirizado contribui para fazer o seu negócio prosperar e reduzir custos ao mesmo tempo? Considere a possibilidade de contratar uma empresa para cuidar desse setor e colha bons frutos dessa parceria!

Quer receber outros artigos com soluções práticas para a sua empresa? Assine gratuitamente a nossa newsletter e enviaremos para o seu e-mail!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This