Green IT: descubra o que é TI verde e adote na sua empresa

Um dos maiores problemas relacionados ao uso da tecnologia está no impacto ecológico causado pelos equipamentos de TI. Os circuitos integrados que fazem parte de várias ferramentas utilizadas no meio corporativo, por exemplo, possuem um índice elevado de metais pesados ou outros elementos químicos não renováveis, como ouro e mercúrio. Já o uso de sistemas computacionais em larga escala pode aumentar gastos de energia continuamente.

Nesse cenário, políticas de gestão que buscam o uso mais eficiente e sustentável da infraestrutura de TI de empresas estão ganhando força. Assim, podemos destacar a Green IT como uma das principais abordagens do mercado. Ela está mudando radicalmente a maneira como empresas lidam com os seus equipamentos e tornando vários setores mais sustentáveis.

Quer saber mais sobre ela? Então veja o nosso post de hoje!

O que é a Green IT?

A TI Verde, ou apenas Green IT, é um conceito novo e que tem ganhado espaço nos últimos anos por permitir que empresas tornassem a sua infraestrutura de TI mais ecológica e eficiente. Essa estratégia permite que empresas façam um uso mais consciente de seus recursos digitais, de tal forma que o impacto causado pelo descarte de equipamentos ou o seu consumo de energia seja diminuído drasticamente.

Quais as vantagens do Green IT?

Muitas empresas adotam o Green IT em função de suas vantagens. Além da redução de gastos, vários outros fatores podem ser afetados pela implementação de rotinas mais eficazes, dos quais podemos destacar:

  • Aumento do nível de competitividade.

  • Melhoria no gerenciamento de recursos.

  • Realização de investimentos com um retorno maior.

  • Maior controle de gastos.

Como uma empresa pode tornar a sua política de TI mais ecológica?

A Green IT deve ser vista como uma abordagem de destaque no meio corporativo, que leva a empresa a ter processos de gestão mais eficazes e com menor impacto em médio e longo prazo. Companhias que adotam esse tipo de política de gestão devem mudar radicalmente a sua cultura interna, garantindo que todos os profissionais se engajem na busca por uma empresa com uma cadeia operacional mais eficaz e ecológica.

Nesse sentido, o empreendimento pode utilizar políticas paralelas (como coleta seletiva e uso de sistemas de energia solar) para aumentar o impacto da nova estratégia. Vale destacar, também, a necessidade de realizar campanhas de conscientização dentro do ambiente interno. Dessa forma, todos os profissionais conhecerão o seu papel dentro da estratégia de TI Verde do negócio.

Para manter o consumo de energia reduzido, duas medidas podem ser adotadas. A configuração de cada equipamento pode ser otimizada de acordo com o perfil da empresa, garantindo que todas as ferramentas sempre terão o melhor desempenho possível. Além disso, sistemas de refrigeração mais eficazes podem ser adotados, reduzindo a temperatura de servidores e outros dispositivos, algo que impacta diretamente no desempenho e consumo de uma máquina.

Com o auxílio de indicadores, como o consumo médio de energia, a empresa poderá avaliar o impacto das suas políticas de TI Verde a médio e longo prazo. Dessa forma, correções poderão ser feitas rapidamente, melhorando os resultados das novas medidas de Green IT em médio e longo prazo.

Assim, para avaliar com mais precisão os impactos de uma política de gestão mais ecológica e até mesmo obter um certificado de sustentabilidade, uma auditoria pode ser contratada. Saiba como ela vai avaliar o seu empreendimento no nosso post sobre o tema!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This