Gestão de Custos Ajuda na Crise

Saiba Como a Gestão de Custos Ajudará No Pós Greve de Caminhoneiros

Grandes empresas, por vezes, carregam grandes obstáculos no sistema produtivo. Qualquer situação que interfira na logística pode influenciar os resultados desses negócios. Uma das maiores preocupações é o risco financeiro que uma má gestão de custos pode causar.

A greve dos caminhoneiros durou apenas dez dias, mas muitas empresas foram pegas desprevenidas e as perdas de receitas para estes negócios somam dívidas mensais.

Mas mesmo diante deste cenário, é possível tomar algumas alternativas para contornar a crise. Medidas que antes não faziam tanta diferença agora podem contribuir na solução do problema. Com o fim da greve dos caminhoneiros, é preciso trabalhar uma gestão de custos mais focada para não fechar o ano com prejuízos.

Otimizar o tempo é priorizar a produtividade


Uma atividade que habitualmente levava cerca de 4 horas para ser  realizada, pode ser reduzida pela metade se a produtividade for priorizada. Ser mais produtivo vai tornar os custos de produção menores e a margem que sobra pode ser usada em outros serviços, gerando mais recuperação de custos. Para ajudar na auditoria da produtividade, uma solução é usar o 2audit, um aplicativo da WeAudit  que também pode otimizar o tempo do serviço. Baixer agora o 2audit e comece a monitorar melhor a produtividade do time.

Revisar os contratos


Ao revisar os contratos, é possível achar gastos desnecessários que antes não geravam prejuízo. Uma redução nos contratos de telefonia, logística ou infraestrutura, por exemplo, já pode gerar economia para esta crise. Nesse caso, o auxílio profissional de uma boa auditoria poderá apontar erros ou cobranças equivocadas.  

Analisar a gestão de custos


Parece óbvio, mas é fundamental lembrar que analisar a gestão de custos é essencial. Agora é o momento de analisar cada elemento de custo mais uma vez, para observar onde é possível economizar. A WeAudit disponibiliza um Guia prático e efetivo de gestão de custos para apontar gastos que estão impedindo a empresa de fazer uma gestão mais eficiente. Acesse ao Guia clicando aqui.

Ao eliminar e administrar esses custos é possível reduzir os danos logísticos e financeiros gerados pela greve dos caminhoneiros. Se antes algumas despesas ou pequenos ganhos não geravam diferença na parte financeira, agora é preciso analisar rigorosamente os custos para recuperar o ano e fechar no positivo.

Mantenha o alerta na pós-crise com o nosso ebook sobre gestão de custos e o aplicativo 2audit colaborando para ter uma recuperação mais tranquila das perdas neste momento tão delicado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This