3 dicas de ouro para a retenção de funcionários!

Vamos combinar que, com a velocidade com que as informações correm hoje em dia, a retenção de funcionários acaba sendo um grande desafio para qualquer empresa. A facilidade para oferecer e procurar trabalho hoje é bem maior que décadas atrás, e, assim, é inevitável que os bons profissionais sejam rapidamente encontrados por outras empresas.

Perder um bom profissional pode ser uma verdadeira dor de cabeça. Sua empresa perde parte do capital intelectual, tem custos financeiros não programados por conta da necessidade de substituição e ainda precisa esperar pela adaptação do novo colaborador à empresa, à equipe e à atividade.

Para ajudar sua empresa a evitar a perda de bons profissionais e, consequentemente, a situação como a que descrevemos acima, trouxemos 3 dicas de ouro para a retenção de funcionários. Confira!

Estabeleça um plano de carreira

Bons profissionais mantêm seu nível de qualidade na entrega dos serviços por meio do desenvolvimento contínuo. Além disso, apoiar e promover o desenvolvimento dos funcionários ajuda a empresa a criar uma relação de confiança e parceria com o funcionário. Portanto, alinhe sua estratégia de gestão de pessoas a fim de criar trilhas de carreira dentro da sua organização.

Os profissionais que são considerados talentos (principalmente aqueles mais jovens) possuem uma fome voraz por aprendizado e costumam ser bem decididos e rápidos em suas decisões de carreira. Eles não se importam em trabalhar duro, mas querem saber quais são seus ganhos previstos em curto e longo prazo.

É pouco provável que sua empresa retenha um talento se ele não conseguir enxergar, mesmo que de longe, para onde está caminhando. Bons profissionais são bastante organizados e criteriosos em seu planejamento pessoal de carreira. Para mantê-lo com você, planeje a carreira dele na sua empresa.

Ofereça benefícios

Uma vez que seus funcionários estão mais cientes do caminho que devem percorrer para crescer dentro da empresa, a possibilidade de que eles partam para outro emprego já diminui. Porém, como as pessoas costumam dizer, “elogios e promessas não enchem barriga”.

Seu funcionário ficará muito mais motivado a trabalhar para alcançar os melhores resultados sabendo o que ele pode colher no futuro. Mas, ainda assim, eles têm necessidades (fisiológicas, de segurança, psicológicas) que precisam ser atendidas no momento.

Uma forma efetiva de garantir que os funcionários possam desfrutar de qualidade de vida é a oferta de benefícios. As empresas mais procuradas pelos bons profissionais são aquelas que, além de possibilitar o desenvolvimento da carreira, oferecem benefícios como plano de saúde e odontológico, planos de refeição (ticket ou refeitório próprio), previdência privada e participação nos lucros ou resultados.

Os benefícios podem ser uma ótima forma de agregar valor à estratégia de gestão de pessoas da sua empresa e reter seus funcionários.

Dê (e peça) feedback

Ninguém gosta de se sentir ignorado quando tem algo importante para compartilhar. Da mesma maneira, sua empresa precisa garantir um relacionamento de respeito e sinceridade mútua com os funcionários.

Eles precisam receber acompanhamento sobre seu desempenho e comportamento no ambiente de trabalho, para que possam ter a oportunidade de melhorar e otimizar sua performance.

A empresa, seguindo o mesmo fluxo, deve estar aberta ao diálogo e permitir que os profissionais possam opinar e sinalizar oportunidades de melhoria no ambiente de trabalho e nos processos.

Se sentirem que possuem uma voz real e que sua empresa também toma o cuidado de se comunicar com eles, os funcionários depositarão muito mais confiança nela. Além disso, o relacionamento será mais saudável, duradouro e tudo isso será refletido na mensuração dos resultados.

A retenção de funcionários tem sido um problema para sua empresa? Como ela tem lidado com a situação? Conte sua experiência para nós nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This